Cursos Preparatórios 11 de ago, 2022

Como e por que definir um horário fixo para estudar

Parem de falar mal da rotina  parem com essa sina anunciada  de que tudo vai mal porque se repete.  Mentira. (Elisa Lucinda) Você já parou para reparar que, geralmente, quando alguém decide falar sobre rotina é para criticar? “Eu detesto rotina” “Nossa relação caiu na rotina” “Todo dia a mesma coisa!” Pois bem, talvez você […]

Parem de falar mal da rotina 

parem com essa sina anunciada 

de que tudo vai mal porque se repete. 

Mentira. (Elisa Lucinda)

Você já parou para reparar que, geralmente, quando alguém decide falar sobre rotina é para criticar?

“Eu detesto rotina”

“Nossa relação caiu na rotina”

“Todo dia a mesma coisa!”

Pois bem, talvez você também seja assim. Mas hoje, a gente vai te mostrar como rotina não é sinônimo de chatice ou monotonia. Pelo contrário: é estratégia de sucesso!

A importância do hábito

Uma das coisas que a gente ouve os pais mais reclamarem sobre a criação dos filhos é a necessidade de repetir a mesma coisa milhões de vezes. Quem nunca ouviu “Já escovou os dentes? Lavou as mãos? Tomou banho?”.

Quando éramos crianças, esses questionamentos eram entendidos como uma grande chatice. Hoje, porém, essas atividades fazem parte da nossa rotina de higiene e ninguém precisa mais nos lembrar delas.

Isso acontece porque desenvolvemos um hábito!

Agora, uma informação muito importante: os hábitos podem ser positivos ou negativos!

“O hábito do cachimbo faz a boca torta”

 Talvez você nunca tenha ouvido o ditado popular acima, mas ele propõe uma boa reflexão

Quantas vezes nos pegamos fazendo coisas que não são benéficas para nós pelo simples fato delas serem um hábito:

“Sempre que eu chego em casa, ligo a televisão”

“Preciso comer um docinho enquanto estudo, senão fico desconcentrada”

“Todos os dias, almoço olhando o celular”

E o dia em que não podemos (ou não queremos) mais fazer as coisas dessa forma, nos vemos perdidos, angustiados…

Essa é a força que o hábito tem para transformar a nossa vida. Por isso, devemos usá-los de forma positiva para alcançar os nossos objetivos.

“Um espaço para cada coisa; cada coisa em seu lugar” 

A apresentadora de Tv e Consultora de Organização Micaela Góes nos mostra, em seu programa “Santa Ajuda”, a importância de cultivarmos a organização em nossas vidas.

Uma mesa arrumada facilita o trabalho (seja no escritório ou no home office) porque reduz a poluição visual e, consequentemente, a poluição mental. Organização é um pacote que traz consigo agilidade, praticidade e produtividade!

Por isso, da mesma forma que precisamos manter em ordem os ambientes em que vivemos, também é fundamental que organizemos o nosso tempo, ou seja, a nossa rotina!

Meu inimigo amigo: o despertador!

É um fato: de manhã cedo, o som do despertador pode ser motivo de desespero! (Quem nunca pediu mais 5 minutinhos de sono?)

No entanto, essa ferramenta pode ser uma grande aliada na hora de organizar a nossa rotina!

  • Faça listas

Primeiro, faça uma lista de todas as suas atividades diárias. Inclua nessas anotações suas demandas domésticas, profissionais e de estudo.

  • Organização é tudo

Depois, distribua essas atividades ao longo dos dias da semana, destinando para cada uma o tempo necessário para que elas sejam concluídas. Nem mais, nem menos.

  • Fazer intervalos é importante 

Não caia no erro de colocar um intervalo muito curto para uma determinada tarefa. Isso dificultará o cumprimento do prazo e fará com que você se sinta frustrado e mais inclinado a desistir da estruturação da rotina/hábitos.

  • Faça uma planilha

Para uma melhor visualização da sua rotina, faça uma planilha com as atividades usando as linhas para os horários e as colunas para os dias da semana. Em seguida, crie um código de cores para as tarefas. Exemplo: azul para as demandas da casa; verde para as profissionais; amarelo para os períodos de estudo e assim por diante.

  • O alarme é seu melhor amigo

Use a função alarme do seu celular para te lembrar dos horários de início e término de cada atividade. E para fazer dessa uma estratégia mais interessante, escolha músicas que você goste e tenham a ver com cada tarefa a ser realizada.

Por fim, seja inflexível!

O pedido acima pode parecer estranho, principalmente em uma época em que falamos tanto sobre a necessidade da adaptabilidade. No entanto, quando falamos de rotina, precisamos ser muito disciplinados. Caso contrário, a estratégia não surtirá efeito!

É como começar a dieta na segunda-feira: vamos fazendo pequenas concessões sucessivamente e, quando vemos, já voltamos para os velhos (e nada bons) hábitos alimentares.

Determine o seu horário de estudos e seja fiel a ele! 

É provável que, no início, seja difícil seguir o cronograma à risca. Mas persevere e você verá os resultados em poucas semanas.

Bye, bye ansiedade! 

Organizar a rotina é traçar uma rota em direção aos seus objetivos. Colocando cada atividade em seu devido lugar, é possível se preparar para seus exames de forma tranquila, sem deixar tudo acumulado para a última hora. Isso reduz a ansiedade e melhora a qualidade do seu período de estudos.

Organize sua rotina e dê o primeiro passo rumo às suas conquistas!

Cartão de TODOS

Redator

Cartão de TODOS e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Olá! Como podemos ajudar?